Provence com as dicas do Gira Mundo

http://france-for-visitors.com/photo-gallery/provence/abbaye-senanque.html
Abbaye de Senanque. Foto de William Shen extraída de http://www.france-for-visitors.com tirada no verão. Próximo de Gordes, somente no verão as flores de lavanda ficam iguais a foto.

Eu ouvi outro dia do “Jão”, colega de trabalho da Tati, a seguinte pergunta: “Mas afinal, o que é que tem para se fazer na Provence?”.

Fiquei com essa pergunta na cabeça uns dois dias e concluí que não há nada mesmo para se fazer na Provence. Não há nada obrigatório, nenhum programa em si é imperdível. Você vai à Provence para curtir, aproveitar. Filosofando no botequim um pouquinho, o melhor programa da Provence é montar um conjunto equilibrado de atividades para que você chegue ao final do dia com os todos os seus sentidos igualmente satisfeitos! Não é uma coisa racional, não é um destino vim-vi-e-venci. Se eu fosse americano, eu já teria usado a expressão da moda “experiência” para tentar explicar, mas eu prefiro utilizar um termo mais baiano, o negócio é curtir o ficar à toa.

vista-de-gordes-grande.JPG

Antes de continuar a descrever o roteiro Gira Mundo pela Provence, eu precisava “resolver” essa questão. Assim, completando o raciocínio, um dia perfeito na Provence é:

• Acordar cedinho para um café da manhã tranqüilo;
• Sair para passear com uma agenda pouco programada para que se tenha tempo livre para apreciar a paisagem do campo entre uma cidade e outra;
• Rodar os vilarejos com calma, entrar onde der vontade, parar onde der vontade, sentar no café que der vontade, nem que seja para ficar ali de bobeira olhando a vida passar;
• Almoçar ou fazer um lanche quando der vontade, sempre que possível em áreas externas;
• Se tiver perfil esportista ou aventureiro, fazer um passeio de bicicleta ou de balão. Correr nas estradinhas, caminhar;
balao dois
• Intercalar um dia de vilarejo com um dia numa cidade maiorzinha para variar;
• Tirar um cochilo no final de tarde para ficar bem descansado para o jantar;
• Dormir muito bem e não muito tarde todas as noites, mas sempre dar uma checada nas estrelas e/ou na lua antes de escovar os dentes para dormir. O céu é limpo uns 300 dias do ano em média;
lua cheia tam grande
• Procurar os bons lugares para comer. Pesquise um roteiro eno-gastronômico para todas as noites;
• Visitar os vilarejos no dia de feira (marché). Informe-se no seu hotel onde será a feira no dia seguinte. Os vilarejos ficam muito mais animados no dia de feira.

O grande paradoxo é que para você conseguir “ficar à toa” como se deve na Provence, você precisa de um bom planejamento pré-viagem, listo abaixo as minhas sugestões:

• Hospede-se num lugar pequeno e com personalidade. Olha, eu vi Best Western, Íbis, Formule 1 e outros hotéis de rede de diversas categorias em diversos lugares e digo que são hotéis “ok”, tem bom custo x benefício, mas vale lembrar que esta não é uma viagem “racional” e esse tipo de hotel é totalmente anti-clima. Hospede-se bem e se você escolher direito nem vai ser muito caro. Pesquise bastante. Eu descobri o meu canto: Le Mas des Etoiles.
• Procure ficar nas áreas rurais, você vai entrar mais rápido no clima e lembre-se de que aqui o melhor é a paisagem do campo. Se você viajar em casal, isto é uma regra. Porém, se você viajar sozinho, a regra é a inversa: fique em uma cidade, não se hospede em um vilarejo ou numa área rural e já que você está lendo o meu “pitaco”, eu sugiro Aix-en-Provence para os “singles”;
• Não dá muito para explorar sem um carro. Pense nisso, o roteiro rural só dá pra ser feito de carro;
vista-de-les-baux-iii.JPG
• Lembre-se de que não há uma única paisagem inesquecível e específica. Inesquecível é o conjunto da obra;
• Achar os bons lugares para comer não é muito fácil, não é nada óbvio. Mas os bons lugares serão inesquecíveis. Os restaurantes legais não são visíveis, ficam bem escondidos em vilarejos que talvez você não parasse de dia de tão pequenos. Eu ouvi de um francês que os melhores restaurantes da França estão no interior do país e eles nem precisam de estrelas do Michelin. Poucos têm. Então, pergunte, pesquise, os nativos conhecem todos e sabem quando cada restaurante está aberto, ou você acha mesmo que no interior da França o pessoal trabalha tanto assim para abrir restaurante todo dia?
• Capriche nos vinhos. Se ainda você achar caro, lembre-se de que, alguns deles, no Brasil, você jamais compraria. Quando você voltar e encontrar o mesmo vinho numa carta de restaurante na sua cidade, você vai entender o que estou falando;
• Nas paradas durante o dia, troque o café pelos doces. Não adianta, eu não achei nenhum café à altura de um bom café italiano ou ao menos do título “espresso”, então troque logo por um doce porque os deles são imbatíveis e tome com água com gás;
• Tente não trocar muito de hotel, porém tente não rodar muito no mesmo dia. A Provence é grande, então se você quiser ver bastantes lugares fique mais tempo, uns 10 dias, e monte no máximo três bases;
• Se você não tiver muito tempo, não vá por menos de 5 dias, corte toda a parte leste da Provence e vá direto para o Vaucluse e Bouches-DU-Rhône. Não deixe de incluir Les Baux, St. Remy, Aix e ao menos um vilarejo rural, eu recomendo Lourmarin.

(volto com a continuação do roteiro nos próximos posts)

About these ads

35 Respostas para “Provence com as dicas do Gira Mundo

  1. A paisagem rural é sempre legal, né?

    Algumas dessas fotos me levaram diretamente para o livro “Vinho e Guerra”. Muito legal mesmo.

  2. Depois desses posts está me dando vontade de reler “Um ano na Provence”… ;-)

  3. Fale doutor Jorge,
    primeiramente parabéns pelo blog. Fico muito lisonjeado de ser mencionado em tão nobre endereço. Captei a mensagem da dura vida a se levar em provence…..um dia quando eu aparecer por lá pode saber que lembrarei do giramundo
    abraço

  4. Pingback: Na carona dos amigos « Viaje na Viagem

  5. Pingback: Os restaurantes do Luberon « Gira Mundo

  6. Huele a “lavanda”. A flores.

  7. concordo com vc. Nao existe melhor maneira de curtir a Provence a dois, do que hospedando-se em um vilarejo como Lourmarin, e eu acrescentaria tambem passeio a Roussilon ( vila das falesias alaranjadas ), Bonnieux, Cucuron. Em nossa ultima viagem à Provence, nos hospedamos em um vilarejo a caminho de Gordes, vilarejo de Lagne, proximo ao famoso Museu da Lavanda, para se ter uma ideia de quão pequena ela era, não havia um restaurante, somente em Coustellet a 6 km é que desfrutavamos de um restaurante muito charmoso, cujos donos eram irmãos e só atendiam com reservas as seis mesas disponíveis. A Provence é assim, só indo lá para comprovar.

  8. Obrigado Nara pelos seus comentários. Roussilon é realmente muito bonita e interessante por ter uma cor tão diferente dos outros vilarejos!

  9. Ola! Vou pra Provance e Cote d’Azur em junho com 2 amigas e pretendo passar 6 dias entre ambas.

    Ja inclui Aix, Le-Baux, St Remy, Gordes e Lormarin no roteiro. Melhor ficarmos em Aix, certo?

    Vamos alugar um carro mas eu adoraria rodar um dia de bike tambem.. alguma sugestao de rota?

    E para a praia, alguma sugestao fora do pacotao St Tropez-Nice-Cannes?

    Obrigada e parabens pelo blog!
    Monica

  10. mais uma perguntinha… vinicolas??

  11. Mônica,
    Ouvi de várias pessoas sobre ir de bicicleta à Menerbes, um vilarejo que não conheci.
    Sim, de Aix será uma boa base para vocês. Vocês verão um pouco de tudo. Aix é ótima.
    Eu confesso que vi muito pouco da Cote d’Azur, mas eu adorei St. Tropez (bem mais do que imaginei) e fiquei com muita, mas muita vontade de ter ficado mais tempo em Nice. Cannes, acho dispensável.

  12. Para ter uma bela vista da Cote D’Azur. Dê uma chegada à Eze, uma pequena vila nas montanha atrás de Monaco. Visite os jardins que se localizam no alto da vila historica de Eze. Incrível vista! Fiquei no Hotel L’hermitage, um charme, excente comida e bela vista do Mediterraneo.

  13. estou ficando cada vez mais confusa, parece que tudo é maravilhoso em Provence…. Ficarei rodando de carro por 10 dias no interior da França, já pensei na Normandia, na bretanha, ir p/Luxemburgo, Bruges enfim o Norte. Mas acho que vou p/ Provence. MAs gostaria de conhecer o vale do Loire.O que vc sugere Jorge?

  14. Lila,

    Eu tenho certeza de que a Normandia e a Bretanha valem uma visita longa e dedicada. O Loire deve ser mesmo muito lindo. Não conheço Bruges mas tenho certeza de que também é um lugar delicioso e Luxemburgo, eu pretendo um dia conhecer apenas para conferir como é o entroncamento da Alemanha com a França, mas eu suspeito que nenhum desses lugares supera a Provence em paisagem, charme, clima, aromas, gastronomia, etc.
    Quando fomos à Provence, eu pensei em incluir outras regiões como o Loire, mas concluí que os deslocamentos tomariam tempo demais da viagem e não estava disposto a isso, não. Preferi incluir a Borgonha que estava mais no meu caminho para Paris, assim como Annecy, pertinho dos Alpes. Deixamos o Loire para uma outra viagem. Eu não me arrependi. De uma coisa eu tenho certeza, vale muito a pena investir ao menos uma semana na Provence.

  15. Giramundo,
    Queria registrar que acabamos de voltar da França, eu e meu marido, e com as inúmeras dicas de vocês , fizemos a viagem mais linda de nossas vidas. Este país é especial, e a Provence é mágica , intensa . Amamos de verdade. Obrigada por compartilhar suas viagens. Foi realmente um diferencial para nós.

  16. Seguindo a sua indicação, tenho tentado contato com o Le mas des Etoiles, mas mesmo depois de diversas mensagens ainda não tive resposta… Você teria alguma outra indicação de hotel? Obrigada!

  17. Oi Jorge,
    Parabéns pelo seu blog! Gostaria de saber se vc tem como me tirar uma dúvidas. Pretendo ir com uma amiga à Provence (acabei de ler o livro do Peter Maile). Tudo que li a respeito, inclusive no seu blog, me deixou apaixonada pela região. Só não sei ainda qual seria a melhor época. Não quero ir nas férias de verão da Europa, pois além do calor estará tudo lotado, mas gostaria de ver todas as aquelas cores da Provence, lavandas, girassóis … . Queria também uma época mais seca sem possibilidade de chuvas. Será que junho é uma boa ou melhor início de setembro?

  18. Oi Jorge,

    Adorei seu comentário sobre Provence….Parabéns pelo blog!!!!!! Estou a cada dia mais apaixonada por essa região….estou planejando uma viagem p/essa região agregada a cote d”azur, e sinto que irei esse ano no inicio de setembro com uma amiga…adorei as dicas , me ajudou mto a decidir onde pretendo manter a base, em AIX…vamos alugar um carro por 10 dias e sair conhecendo os vilarejos…minha dúvida é se em setembro ainda vejo os girassóis e os campos de lavanda? Obrigada por compartilhar suas viagens!!!!!!!! JÁ ME SINTO VIVENCIANDO TUDO ISSO !!!!!!!!! bjs,

  19. Oi Jorge, tudo bem?

    Primeiro, parabéns pelo Blog. SENSACIONAL.

    Eu e meu marido vamos para Barcelona em Outubro e de lá seguiremos de carro para Milão. Teremos de 3 a 4 noites na estrada e queria indicações de lugares na Provance e Cote D’Azur para conhecermos.

    Desde já obrigada pelas dicas.

  20. Olá João,

    Vou correr a meia maratona de Paris no dia 11 de abril de 2010 e depois pensei em passar cinco dias na Provence e cinco dias na Toscana. Você acha que consigo ver os campos de lavanda e girassóis nesta época? É um bom período? Ou é melhor ficar entre Toscana e Grécia?

    Parabéns pelas dicas !!!
    Abs,

  21. Estou programado para abril 2.010. Falta reservar local em Provence. Suas dicas são ótimas. Continuarei acompanhando comentários.

  22. Oi Jorge!

    Parabéns pelo site, estou anotando suas dicas. Viajo com minha digníssima em lua de mel para Paris e fico em Provence entre os dias 26 a 31 de dezembro (5 noites) e depois rumamos pra Itália. Dúvidas sobre Provence:

    I- Tem algum evento neste período?

    II- Acha que deveríamos ficar numa base (tipo Aix) ou deveríamos dormir em alguns lugares diferentes?

    III- Listamos alguns lugares e gostaríamos de saber quais você considera imperdível para conhecermos nestes 5 dias:

    1) Saint Remy
    2) Avignon
    3) Arles
    4) Luberon
    5) LES BAUX DE PROVENCE
    6) Manosque
    7) Vaucluse
    8) Bouches-DU-Rhône
    9) Lourmarin
    10) Roussilon
    11) Bonnieux
    12) Cucuron
    13)Lagne
    14)Gordes
    e outros

    Grande abraço, Adriano!

  23. Ja visitei varias partes do mundo inclusive no Brasil e gostaria de deixar aqui dicas de lugares e guloseimas imperdiveis de se ir, tais como Doceria Rota do Charme em Brasília na 314 sul onde se tem os melhores doces do Brasil, Restaurante La Maison em Paris onde se tem a melhor comida tradicional francesa do mundo, Café Brother em NY onde se tem o melhor expresso, Palacio de Cristal em Viena com o melhor Pão que ja experimentei na vida. São muitas as opçoes de boas mesas para os melhores paladares. Viva o que há de melhor no mundo e experimente todos os sabores.

  24. Amei esse blog! Alguma dica de hotel em Aix?
    Um abraço!

  25. Andrea dos santos

    Não se hospedem no Ibis 70 Bis Boulevard Ornano
    75018 PARIS
    FRANCE
    Fiz reserva para 5 (cinco) dias e foram os 5 piores dias em Paris da minha vida. O Hotel promete ar condicionado mas não é verdade, o calor de verão é muito grande é é impossivel dormir porque não se pode abrir a janela já que o barulho é de enlouquecer. Tentei trocar de hotel, mas todos estavam lotados. Absurdo. Reclamei, já que o Hotel implementou uma campanha em que promete solucionar qualquer problema em 15 minutos, o que não ocorreu, já que demoraram 8 dias para nos responder , pedindo desculpas e prometendo retirar do site a promessa de ar condicionado. Até a presente data, continuam prometendo ar condicionado, vejam abaixo:

    O hotel Ibis Ornano Montmartre Nord está situado no norte de Paris, a 2 min. de caminhada do terminal do metrô linha 4, a 10 min. do Mercado das Pulgas, a 15 min. do morro onde está Montmartre e a 15 km do aeroporto Charles De Gaulle. Oferece 86 quartoscom ar refrigerado e Wi-Fi, incluindo 3 para pessoas com dificuldade de locomoção, bar com serviço de lanches 24 horas e pátio interno. Estacionamento público externo pago disponível nas proximidades.

    http://www.ibishotel.com/pt/booking/hotels-list.shtml

  26. Oi, Jorge! Antes de mais ,Parabéns pelo site! estou adorando as dicas… Em outubro meu marido e eu vamos passar 14 dias na França (talvez uma das últimas viagens SEM bebê!) Ficamos 4 dias em Paris e depois descemos de carro até a Provence. Minhas dúvidas: Se ficarmos no hotel que sugere- Le Mas des Etoiles ou próximo a ele, é possível conhecer toda a região (Aix, Le Baux, St Remy ou você sugere mais alguma base?
    Vocês estiveram em Arles? Muito obrigada!
    Ana

  27. Jorge,
    Parabéns pelo blog informativo , e organizado. Vou te fazer uma pergunta curta: para vc qual seria a melhor cidade base para uma exploração da Provence por 7 dias?

    abs

  28. Persa Brasileiro na Provence

    Oi Jorge, assino embaixo de todas as dicas. Você soube muito bem descrever como deve ser curtida uma viagem por aqui. Sempre digo que para conhecer a Provence precisamos de tempo para descobrir os cantos, os segredos, os detalhes que fazem dessa regiao o que ela é. Alias, quando puder venha me fazer uma visita virtual no http://www.naprovence.com. Beijos!

  29. Olá Jorge
    Em junho próximo estaremos saindo de Nice (Domingo) em direção à Aix-en-Provence. No caminho gostaríamos de conhecer “Gorges Du Verdon” e Moustiers-Ste-Marie, disponibilizando o dia inteiro. Confesso que estou preocupado com a estrada até o “Lac de Ste-Croix” e tenho algumas dúvidas onde estacionar o carro, qual o melhor lugar do canyon para conhecer e por onde começar o passeio, como passear de barco/pedalinho etc. Sou fotografo e não gostaria de perder essa chance. Qto à estrada, qual das opções, a partir de Grasse, você sugeri :
    a) D6085 > D21 > D71 ou ou
    b) D6085 > D4085 > D952 > Riez > D11 > D11
    Sugestões são bem-vindas. Um abraço e obrigado
    João

  30. Caro Jorge,
    vou à Provence no mês que vem. Meu voo é Rio-Paris-Marseille, chegando nesta cidade às 11:50h da manhã. Vamos alugar o carro em Marseille e partir para o Mas des Etoiles, onde ficaremos hospedados. Não pretendo perder tempo em Marseille, já ficarei apenas esse dia e mais 4 na Provence. Mas gostariamos de almoçar em Marseille. Vc tem alguma sugestao de restaurante imperdivel nessa cidade?
    Grata
    Vanessa

  31. Estive em férias com meu marido pela Provence, e segui as dicas do Gira Mundo. Nos hospedamos no Le Mas des Etoiles. Annette e François são uns fofos! Já somos amigas no Facebook!!! rsrsrs Tivemos uma surpresa ao encontrar vizinhos do Brasil hospedados por lá!!! Annette disse que não param de chegar brasileiros por causa do Gira Mundo! Ficamos pouco tempo, mas fizemos questão de conhecer Gorges du Verdon. Valeu cada segundo de estrada, pois realmente é maravilhoso! Chegamos no final de tarde, e o sol refletido na água azul turquesa, deixou tudo mais especial. Foi o bate-volta mais maravilhoso que já fizemos. Pretendo um dia voltar e ficar hospedada em um vilarejo próximo, só para curtir melhor o local. Todas as suas dicas foram ótimas. Só tenho uma ressalva: vi em um dos comentários, que vc achou Cannes dispensável. Pois, eu e meu marido tivemos um dia maravilhoso por lá. Acho que vale à pena conferir. Pegar um restaurante à beira da praia e passar um dia inteiro na preguiça … Foi revigorante!!! Abraços Cristina

  32. Olá pessoal,
    Gostaria de agradecer as dicas do Giramundo e adicionar as minhas! Ficar hospedado no Les Mas Etoiles, conhecer Gordes e cidadezinhas das redondezas foi uma dica valiosa! Vale pegar o carro e ir conhecendo todas as cidadezinhas até Loumarin. As paisagens compõem o nosso imaginário quando pensamos em Provence! Em Gordes, conhecemos o restaurante Le Clo Gustave e desfrutamos de um delicioso jantar no jardim! Além de Gordes, outra cidade imperdível é Arles. Não li muito sobre Arles nos blogs, mas chegando lá a supresa foi maravilhosa! Indico o restaurante A Côte e uma visita ao hospital onde Van Gogh ficou internado nos últimos anos de vida. A Rota dos Vinhos perto de Aix é um ponto alto: http://www.coteauxaixenprovence.com/ Vale também checar o site http://www.visitprovence.com/ que tem a agenda cultural com tudo que acontece por lá. Aproveitem os roses e boa viagem!

  33. Pingback: Like a bridge over troubled water…. | Mondschein Brauerei

  34. Dicas muito boas, espero poder pô-las em prática ainda esse. Merci beaucoup.

  35. Estive na Provence em maio passado por 10 dias e fiz uma viagem maravilhosa em todos os sentidos. Conheço um pouco da Toscana mas a Provence, na minha opinião, é inigualável. As cores, os perfumes, os sabores, a natureza esplêndida e a riqueza histórica da região abrangem o pacote completo “viagem sensacional”. Fiz uma base em Aix e outra em Avignon e conheci, de carro, bastante lugarejos e visitas obrigatórias. Nota mil para: Lourmarin, Roussilon, Fontaine de Vaucluse, Gordes, Les Baux en Provence, Aix-en-Provence, Abadias de Sénanque e de Frontfroide,
    Depois de conhecer a Provence, conhecer o que?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s