Prazer em conhecer: Serra Catarinense

urubici-do-morro-da-igreja.JPG

Se você não é do Sul do Brasil, talvez você só conheça a Serra Catarinense como aquele lugar onde são registradas as temperaturas mais baixas do Brasil. É capaz também de você associar o nome São Joaquim imediatamente.
Mesmo quem é do Sul do Brasil e já ouviu falar da Serra Catarinense não conhece bem o que realmente está escondido por ali.

Esse trecho de Santa Catarina esconde o destino mais bacana e menos explorado de toda a Região Sul (segundo o Gira Mundo, que é super isento).

rio-do-rastro-junho-2006-129.jpg
Foto de Márcio Jahns do alto da Serra do Rio do Rastro em noite de lua cheia

O trecho de serra entre Urubici e a divisa com o Rio Grande é uma extensão dos campos de planalto gaúchos e da Serra Geral. Mesmos campos, mas mais altos. Há dezenas de canyons inexplorados onde, diferentemente do Parque Nacional dos Aparados da Serra, que tem cercas de proteção na maior parte das suas trilhas, ainda hoje, bois e vacas escorregam de seus pastos para o suicídio em dias de neblina.

boi-na-neblina.JPG

Duas estradas funcionam literalmente como “escada” para a região: a Serra do Corvo Branco e a um pouquinho mais conhecida Serra do Rio do Rastro, que é radical não só por suas curvas, mas pelo intenso tráfego de ônibus e caminhões numa serra muito íngreme e estreita. A do Corvo Branco é mais incrível, pois é tão íngreme e alta quanto a do Rio do Rastro, mas nem asfalto, sinalização ou proteção lateral tem. Ambas são imperdíveis.

Uma coisa que você precisa lembrar é de esquecer a cidade de São Joaquim. As principais atrações documentadas e com alguma infra-estrutura estão entre os municípios de Urubici e Bom Jardim da Serra.
São Joaquim não tem nada demais e só é mesmo famosa, pois sua área urbana é das poucas da região onde alguma neve é capaz de ficar depositada no inverno. Há ali um fotogênico termômetro instalado por algum prefeito introduzido ao marketing que facilita a vida do pessoal da TV para entrar ao vivo no inverno proclamando ao Brasil tropical as temperaturas de país temperado da região. Acredite, é só isso.

O próprio Parque Nacional de São Joaquim nem pertence ao famoso município, mas deve ter tido o nome escolhido possivelmente por um burocrata do IBAMA relacionado com a prefeitura de São Joaquim (assim nascem as lendas :) ) que viu o potencial da região e resolveu dar ao parque um nome mais comercial, digamos assim.
Como o Parque Nacional é virgem e existe somente no papel, ele só pode ser visitado com o auxílio de guias da região que abrem as porteiras das fazendas ainda não desapropriadas pela União. O outro lado dessa moeda é que você terá o parque só para si. Muito pouca gente visita essa região. Quase todos os passeios são exclusivos.

laranjeiras-ii.JPG

Um dos passeios mais legais da região é o do Canyon Laranjeiras. Os guias da região levam você de jipe 4×4 pelas estradinhas através das fazendas, indicam as trilhas, acompanham os viajantes mais abusados que querem ter uma experiência mais radical à beira de um penhasco de mais de 700m. Ao final, eles agendam com alguma família da região um lanche campestre onde você tem a oportunidade de conhecer um pouco da vida do povo dessa região.

laranjeiras-com-bifi.JPG

Mais fácil é visitar o Morro da Igreja em Urubici, o ponto culminante do Sul do Brasil onde fica o Sindacta que controla os vôos de São Paulo para baixo. Por conta das instalações da Aeronáutica, o acesso desde Urubici é muito fácil. Leve um lanche e curta o Sul do Brasil aos seus pés. Com as nuvens do litoral bloqueadas pelas montanhas, a vista é mais impressionante.

morro-da-igreja.JPG

A infra-estrutura de toda a região é ainda bem limitada, lógico, a região ainda está para ser descoberta, mas nem por isso a Serra Catarinense está reservada exclusivamente para os eco turistas de carteirinha. Os adeptos do conforto têm um dos hotéis de serra mais bacanas do Brasil, o Rio do Rastro Eco Resort, bem juntinho do final da Serra do Rio do Rastro.

img_0796.JPG

O lugar é espetacular, já existia há muitos anos, mas só há uns 2 foi reformado e ganhou o investimento para transformá-lo na melhor hospedagem da região. Do Rio do Rastro, eu só não gosto do nome Resort, mas isso é só detalhe. Dentro da propriedade, há até um canyon e os proprietários se esforçam para que os hóspedes fiquem bem à vontade e conheçam bem a região. O atendimento é impecável. Até na ponta da Serra numa noite estrelada, eles nos acompanharam…

rio-do-rastro-a-noite.JPG

Na região também começa a despontar a produção de vinhos. Há ao menos um produtor investindo em grandes instalações. O Villa Francioni quer se transformar em referência entre os vinhos nacionais e já chegou como opção de entrada das cartas de vinho dos melhores restaurantes de São Paulo. Eu deixo para os enólogos de plantão julgarem a qualidade do produto. Como guia de viagens, eu sugiro que você tente uma visita. Sim, tente, porque, de novo, viajantes por ali ainda não são muitos e eles recebem ainda por indicação dos amigos da região. Pensando bem, seria melhor se toda esta região continuasse no anonimato.

36 Respostas para “Prazer em conhecer: Serra Catarinense

  1. Jorge,
    Imagine um planejamento bem feito para eco turismo nessa região quanto benefício não pode gerar.
    Muito legal!!
    Abs!
    Marcio

  2. Quero voltar lah! Saudades daquele churrasco tipo “fogo de chão” ao lado da fogueira…
    Ah, recomendo aos interessados em se hospedar no hotel que peçam pelos quartos com varandas climatizadas…faz diferença esse ambiente especial!

  3. Jorge, eu, como gaucho ate debaixo d’agua, me permito deixar uma dica aqui: http://www.paradorcasadamontanha.com.br

    Eh simplesmente um dos lugares mais lindos que eu ja fui!!!

    Se a confraria em Gramado sair, prometo leva-los pra la!!!

    Fica pertinho de onde foste, la no Itaimbezinho, nos campos de cima da serra, so que do lado do RS.

    O teu post ta demais, e as fotos, de cinema!!!

  4. Oi.
    Morei em SC por 18 meses e é um dos passeios mais bacanas que fiz.
    E tem razão, S.Joaquim é ruim demais…

  5. Que fotos maneiras, hem? parabéns. Aliás, a matéria toda está muito atraente e me deu vontade de voltar a praticar o montanhismo e o treking que eu já larguei há uns 4 anos…

    Bem, estou de volta da África do Sul e já tem matéria nova sobre Cape Town, uma cidade (aliás, TUDO o que achei da África do Sul foi o melhor) MUITO interessante.

    Correu tudo bem, estou rpeparando uma matéria sobre Family Friendly Game Reserves especialmente para você com opinião pessoal e dicas de montão.

    Grande abraço

    Arnaldo

  6. Arnaldo,
    Seja muito bem vindo. Vou ficar de olho no seu blog então para ver a matéria. Muito obrigado já antecipado. A família aqui vai agradecer. Que bom que vc curtiu a viagem.

  7. Bom dia jorge, o blog esta cada vez melhor e com ótimas dicas, prometo que agora vou fazer por merecer o cargo de um dos diretores do Blog.

    Parabéns

  8. Lindo lugar, só lembro que a Serra não é exatamente catarinense, já que o topo fica no Rio Grande do Sul.

  9. Goitacá: O ponto mais alto do Sul do Brasil fica em Urubici em SC e nesta reportagem estou cobrindo apenas as serras de SC. Pretendo cobrir as serras do RS também.

  10. Alguem falou para procurar hoteis\pousadas com quartos com varandas climatizadas. Alguem recomenda algum hotel\pousada nessas caracteristicas ?

    Abraços.

  11. O Rio do Rastro Eco Resort tem varanda climatizada nos quartos mais caros.

  12. O ponto culminante do sul do brasil é o Pico Paraná, depois o Boa Vista (SC) em Urubici, e depois o Monte Negro (RG)

    Pico Paraná – 1.962
    Morro Boa Vista – 1.827
    Pico Monte Negro – 1.403

  13. Mas que essa primeira foto desse post é linda, é indiscutível. Mais bonita que o Pico Paraná, tranquilamente.

  14. Obrigado Danilo pela informação. O pessoal do Sul diz que o pico mais alto está em seu próprio Estado, vou alterar o post e não fazer referência ao ponto culminante, assim não erro mais, ok? Um abraço

  15. Pessoal.

    O Montenegro é baixo em comparação com a serra de SC (Não é o terceiro do Sul) . A região do topo do Rio do Rastro, Corvo Branco e Campo dos Padres , está acima de 1400. Há varios picos acima de 1700/1800 metros. Já fiz trihas de moto costeando do Itaimbezinho até o Campo dos Padres (Urubici/Bom retiro) e o visual e fascinante. Muito legal também é subir a trilha a pé de Anitápolis (SC) para o Campo dos Padres em cima da serra.

    Saudações.

    Julio

  16. Obrigado Julio, finalmente um catarinense para defender meu ponto de vista, veja que eu nem alterei o post mesmo, porque estou confiante na informação que obtive em Urubici :)
    Obrigado!

  17. O Júlio escreveu: “Muito legal também é subir a trilha a pé de Anitápolis (SC) para o Campo dos Padres em cima da serra.”
    Júlio podes ma dar algumas indicações sobre como chegar a esta trilha? Escreva para csimoesATflug.com.br (troque o “AT” pelo arroba…)
    Obrigado!

  18. ola pessoal… será que alguém pod me ajudar…

    não estou achando nenhum mapa completo, estou organziando uma viajem agora p/ janeiro, vou sair de Gramado-RS e vou até Tubarão – SC, passando por Lages, São Joaquim… Serra do Rio do Rastro, pois não conheço essa região… s alguém puder me ajudar… agradeço…

    abraços a todos

    Vinícius

  19. O Júlio não me respondeu, mas acabei achando a Trilha dos Índios (ou “Trilha do Índio”).
    Fui sozinho. Levei um GPS e marquei vários pontos antes e durante a subida e, depois, lá em cima. Espetacular. Foi em Dezembro de 2007. Voltei lá no carnaval com uns amigos, depois do ciclone extra-tropical. A trilha estava irreconhecivel: árvores caídas, um desbamento… Não fomos até o topo porque fechou o tempo. Pretendo voltar lá e do topo ir a pé até o Cânion do Espraiado. E do Cânion para o “Refúgio da Montanha”…
    Vou ver se uma hora destas coloco os arquivos .kml e .kmz na minha HP…
    Abraços!

  20. Simplesmente uma maravilha, como algo tão lindo pode estar ao nosso alcance e não nos damos conta de como a natureza é bela.Estamos planejando fazer uma viagem de motoclicleta à serra e agora temos a certeza que será inesquecível.

  21. Jorge parabéns pelo blog, é de iniciativas assim que precisamos para o desenvolvimento da Serra Catarinense. As informações estão bem completas e as fotos bem interessantes. Nos somos receptivo na Serra Catarinense http://www.liaramosturismo.com.br qualquer coisa que precisar. Valeu um abraço e mais uma vez parabéns

  22. Wonderfull area
    Hudge Country side
    you have the Best Location in the World.
    Fantastic travel in this Blog

    But for each one CAN YOU LET THIS EXOTIC WORLD CLEAN !!!!!

  23. parabens pelo blog, sim a região realmente é espetacular, só que os multis bunge e yara estáo ameaçando tudo auquilo. se trata do projeto anitápolis, a exploração duma mina de fosfato, trazendo riscos para pessoas, fauna, flora e ecosistemas.
    PRIMEIRO ÁGUA, DEPOIS FOSFATO
    mais infos:
    http://www.montanhaviva.org.br

  24. CONHEÇO UM LUGAR EM ANITAPOLIS QUE VC AVISTA AS DUAS SRRAS (CORVO E RIO DO RASTRO) PARALELA UMA A OUTRA.

  25. A Serra Catarinense é linda e está começando a despertar e a ser decoberta para o turismo.
    Infelizmente ainda falta muita infra-estrutura, mas chegaremos lá.
    Existem pousadas rurais em antigas fazendas, onde famílias podem se deliciar com o calor de um fogo de chão e passeios a cavalo; a culinária, basicamente à base de carnes (gado e ovelha), truta, pinhão e maçã é saborosa; o verão tem dias lindos de sol, com noites de temperaturas que pedem o calor de um bom edredon; a vista dos canyons é fantástica; a receptividade do povo serrano é latente.
    A agricultura da região está se diversificando.
    Na serra voce encontra aventuras em trilhas. Em Urubici as pinturas rupestres chamam a atenção. A serra catarinense é um local que vale à pena conhecer, tem muitas belezes naturais, mas ainda está praticamente virgem de infraesturura.

  26. Ola, sou URUBICIENSE nato, e possuo terreno para que quer investir no turismo rural. Urubici esta despontando nesta area.Esta sendo concluido asfalto do centro da cidade até a serra do corvo branco, futuramente sera ligado serra do corvo branco até Braço do Norte, ligando a serra até o sul do estado. Tenho um terreno para vender que ficar com apenas 04 kms em estrada de chao para acesso.Fica no sentido do morro da igreja e serra do corvo branco.Contatos pelo meu e-mail acima ou pelos fones (49) 3278-4384 (49) 3278-4098 (49) 8802-9035
    Junior Westphal-Urubici sc

  27. Ola, esqueci de meu e-mail: goiadespachante@hotmail.com

    Se alguem se interessar pelo meu terreno, posso mandar algumas fotos.

  28. EVANDRO DE MEIRELES

    A Serra Catarinense é lindíssima e se alguém tentar de alguma forma melhorar, estraga tudo. Neste ano, subi a Serra “à pé” com o Cesário e o Aldo, que por sinal são ótimos companheiros para trilhas. Tiramos ótimas fotos e conhecemos lugares deslumbrantes na Serra. Conheço bem a Serra na região da Trilha dos Índios em Anitápolis. Fiz até uma subida este ano (julho), com direito à pernoite. Tenho muitas fotos do local (com neve/sem neve/com sol/com neblina). Se tiverem interessados, me escrevam.
    meirelesevandro@terra.com.br

  29. Este lugar é mágico, só falta investidores com preocupação ecológica para que nada seja destruido e possamos fazer um turismo com consciencia ambiental.

  30. Prezados Senhores

    Venho por meio desta apresentar meus trabalhos relacionados a área de criação.
    Fornecemos suporte para:
    – DESENVOLVIMENTO DE SITE
    – CARTÃO DE VISITA
    – FOLDER
    – Registro de Domínio
    – Controle de Acesso de Visitas
    – Manutenção do seu Web Site
    – Banco de Dados
    – Tratamento de Imagens
    – Edição de Vídeos
    – Folder Eletrônico (Newsletter)
    – Categoria PVC
    – Adesivos
    – Calendários
    – Cartazes
    – Categoria CD e DVD
    – Cartões de Visita
    – Crachá
    – Encartes de Mercado
    – Filipetas
    – Folders e Panfletos
    – Folhetos 90g
    – Folhinhas
    – Imãs de Geladeira
    – Kit Amostras Adicionais
    – Marcadores de Página
    – Mini Cartões
    – Papéis Timbrados
    – Pastas
    – Postais
    – Receituários/Blocos

    O processo de criação é constituído das etapas de criação, design, análise e publicação.
    Essas etapas abrangem a definição e criação dos componentes visuais, teste de navegação, serviços e aplicações.
    Será disponibilizado temporariamente um endereço na internet para acompanhamento do desenvolvimento do seu site.
    Recursos iniciais no site poderão ser alterados, removidos ou acrescidos durante a criação do layout.
    Ao contratar o serviço de desenvolvimento de páginas para web, será desenvolvido um modelo de newsletter onde o cliente utilizará para envio de informativos a seus clientes e amigos.
    Orientamos na personalização de seu e-mail.Exemplo: seunome@seunome.com.br
    Além da criação de sites executamos serviços de criação de logomarca, logotipia, folder, revistas, cartaz e todos as aplicações em mídia impressa.
    Suporte gratuito durante 30 dias após a conclusão do site.

    Sendo que tenho para o momento.
    att.
    Marcio Leal

    (51) 3024.3082 – 9639.3237

    http://www.m37.com.br

  31. Aimberê Araken Machado

    Prezado Jorge:
    Existe, também, um outro itinerário na região serrana do sudoeste SC/nordeste RS : sobe-se na Serra da Rocinha ( em Timbé do Sul-SC), prossegue-se até Cambará do Sul-RS – próximo ao Itaimbezinho – , e depois se desce pela Serra do Faxinal, terminando em Praia Grande-SC. Dali, toma-se a BR 101.
    Esta rota é fascinante, mas é necessário um veículo novo e potente por causa da estrada ( a maioria não é asfaltada ).

  32. aqui na minha cidade tem a serra do torreão acima do nivel do mar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s