Arquivo da categoria: Punta del Este

Viagem SEM bebê: Punta del Este

    posadadelfaro-brut-rose

Depois de fazer várias viagens com bebê, uma coisa era certa: a viagem de comemoração do primeiro aniversário de casamento depois do nascimento da Clara seria necessariamente uma viagem SEM bebê.

E o que busca um casal que comemora aniversário de casamento quando deixam as crianças pequenas em casa?

Dormir.

Ou ao menos ter o direito de dormir. Sim, cada casal tem lá seus gostos e preferências, eles podem até aproveitar a viagem para encomendar um irmãozinho, mas a verdade é que 10 em cada 10 casais vão celebrar a liberdade de, se quiserem, poderem dormir até mais tarde quando tiram férias de seus pequenos pimpolhos.

jose-ignacio-por-do-sol-ii

E é aí que Punta se destaca como destino número 1 das viagens sem bebê.

A razão é simples. O que acontece se você acordar às 10 da manhã durante as suas férias em Alagoas?

Terá perdido várias horas úteis de praia, inclusive o melhor solzinho da manhã e passará o pouco que sobrará das suas horas de praia se esturricando debaixo do sol forte até que lá pelas 5 da tarde, o sol se esconderá atrás dos palmeiras, antes que você dê um último gole naquela caipirinha.

E o que acontece em Punta del Este?

Em Punta, você acorda às 10 da manhã e não terá perdido nada. O café da manhã estará tão fresquinho como às 7h lá na Bahia.

la-bourgogne

E se você acordar tão cedo, às 10 da manhã é porque você não terá ido à balada no dia anterior.

O por do sol em Punta que no verão cai lá pelas 9 da noite, marca a metade do dia útil do visitante.

Há muito que fazer depois da praia, as pessoas fazem um happy hour, tomam alguma coisa e só vão pensar em jantar depois das onze da noite… muitos, ainda, seguem para a balada. E ninguém perde nada no dia seguinte.

A noite de Punta é uma criança que deixa os pais dormirem até bem tarde no dia seguinte…

“It’s Jose Ignacio, stupid!”

Praia de Jose Ignacio, Punta del Este, Uruguai

Praia de Jose Ignacio, Punta del Este, Uruguai

Antes que você ache que estou sendo grosseiro, eu pergunto: você conhece esta frase It’s the economy, stupid!”?

Abro parêntesis para um momento “trivia”:

O autor, James Carville, estrategista da campanha de Bill Clinton contra Bush-papai em 1992, pregou um cartaz com esta frase no comitê democrata para lembrar a todos os correligionários e assessores qual deveria ser a principal mensagem a ser explorada para diferenciar a campanha democrata. A frase acabou virando o slogan da campanha e ganhou o mundo. Enquanto Bush explorava o sucesso da invasão ao Kuwait em suas mensagens beligerantes, o país estava em recessão e lutava por mais empregos. Clinton usou o seu slogan irônico para voltar a atenção dos americanos para o que realmente fazia diferença para a vida deles: a economia. Era óbvio!

A frase que ganhou a eleição, hoje é parte da cultura gringa. Variações da frase são cunhadas para exprimir uma obviedade, para resumir a verdadeira resposta para um assunto qualquer.

Fecha parêntesis.

O que tudo isso tem a ver com a minha viagem à Punta del Este? Tudo!

Eu nunca havia tido o menor interesse de conhecer Punta del Este.

Para mim, tratava-se de um lugar muito cafona onde argentinos ricos construíam suas casas para passar o verão não muito longe de Buenos Aires, acompanhados, ao mesmo tempo, de muitos outros argentinos, não tão ricos, que não podiam passar o verão em algum lugar muito distante de Buenos Aires.

Posada del Faro

Posada del Faro

De tanto ver imagens de praia com mar cor de dulce de leche onde dedos da mão de Deus saíam da areia e das estrelas globais se refestelando no Cafonrad (copyright Diogo Destemperado), eu só pensava:

“Por que as pessoas acham esse lugar tão interessante?
“Por que eu gostaria de ir a um lugar tão caro e ao mesmo tempo tão cafona?”

Alguns pescadores ainda resistem à sofisticação de Jose Ignacio

Alguns pescadores ainda resistem à sofisticação de Jose Ignacio

It’s Jose Ignácio, stupid!

Nos próximos posts, eu discorro sobre a minha visão de Punta, desde uns 40kms “mas a Este”.