Arquivo da tag: Viagem com bebês; Fatos e Fotos de Viagens; Arnaldo In

Rio de Janeiro com Arnaldo Interata: o super herói das criancinhas!

forte-de-copacabana-entrada-do-arnaldo.jpg
Foto de Arnaldo Interata

Uma hora após ter chegado ao Rio de Janeiro, o telefone toca, eu olho no identificador de chamadas e vejo que é um número da própria cidade.

– Alô, oi, eu sou o Arnaldo do Rio de Janeiro, tudo bem? Do blog Fatos e Fotos de Viagens.

– Oi Arnaldo, tudo bom? Aqui é o Jorge Bernardes do Rio de Janeiro também.

Sim, depois de uma hora na Cidade Maravilhosa, eu já havia incorporado uma segunda identidade, quase carioca.

– Olha só, eu sei que vocês acabaram de chegar e não quero incomodar, eu só liguei mesmo para você ter o meu telefone marcado no seu celular, assim você pode usar em caso de qualquer necessidade, ok? Depois, a gente marca um encontro para nos conhecermos pessoalmente.

Fala a verdade, alguém conhece algo mais gentil do que isso? Nós achamos demais.

O gesto do Arnaldo e da Alice me deu uma idéia. Que tal se a Embratur lançasse uma campanha pra que os brasileiros adotassem um turista na sua cidade. Poderiam montar uma rede online de voluntários que adotariam e ajudariam o turista com a hospitalidade peculiar dos brasileiros. E contato pessoal só seria feito se houvesse interesse de ambos.

Bom, mas não parou aí não, eles foram além e mais do que uma eventual ajuda, o Arnaldo e a Alice nos ofereceram um city tour.

O Jardim Botânico era a sugestão do Arnaldo e que com certeza teria sido um passeio mais apropriado com a Clara do que a minha escolha: o Forte de Copacabana, mas aquele era um lugar que eu andava louco pra ver de perto desde que visitei virtualmente no blog do Arnaldo. Só quem navega nos Fatos e Fotos de Viagem sabe como ficam os lugares capturados pela câmera dele. Eu estava muito curioso pra ver ao vivo.

copacabana-vista-do-forte.jpg
E esta foto é minha mesma… mas aprendendo com quem sabe.

Vou deixar todo o enredo histórico do Forte para ser lido diretamente na compilação de dados que o Arnaldo fez lá no post dele, pois, a verdade é que, não foi nem a história do Forte (que nunca foi usado) e nem a vista de Copacabana o que me chamou mais atenção no passeio.

O que é mais interessante é que existe ali na esquina das duas praias mais famosas do mundo, um segredinho. Uma pequena praia secreta que mesmo poucos cariocas conhecem. Entre Ipanema e Copacabana, escondida pelo Forte, há uma prainha exclusiva. Uma belezinha. (Veja no canto esquerdo da foto abaixo)

forte-de-copacabana-do-flickr-de-leo-wery.jpg
Foto de Leo Wery extraída do FlickR

Bom, o papo rolou solto por um bom tempo. Entre uma coisa e outra, a Tati levou a Clara pra trocar uma fralda debaixo de uma árvore ali de perto, a gente deu o almoço para ela ali, ela dormiu, acordou e continuávamos batendo papo e apreciando a paisagem.

Foi assim até que a gente viu que o “prazo de validade” da Clara estava quase vencendo, até porque estava começando a ficar quente demais. Ela havia sido muito legal conosco, a gente estava abusando porque o Forte é bem perto do hotel em que estávamos hospedados, mas a horinha dela tava marcada. Como um bebê de livro.

Hora de voltar pra casa. A gente precisava dar um descanso pra Clara, dar um banho e deixá-la dormir com calma e temperatura mais amena.

“Vam’bora pro carro!”, disse o Arnaldo.

Mas não deu tempo de chegar ao hotel.

No caminho, a Clara ficou com fome de verdade e estava cansadinha. Abriu o maior berreiro no carro. Eu e a Tati ficamos sem saber o que fazer porque, na realidade, a gente sabia que só havia uma solução: mamadeira. A pequena estava com fome e ela, assim como o pai, não agüenta esperar, não!

Pra ajudar o trânsito ali por Ipanema parou!

Foi quando o nosso guia salvou a Clara. O Arnaldo, em meio ao trânsito parado de Ipanema, largou o volante para buscar a mala da Clara no porta-malas! Ele nem avisou o que iria fazer. Foi e fez. Quando a gente viu, ele já estava voltando com os mantimentos. Fizemos a mamadeira ali no banco de trás e quando chegamos ao hotel, ela já estava mais calma, sem fome e apenas com sono. Pronta para um banho e berço!

E mais uma vez, final feliz! Graças ao super herói das criancinhas! Valeu Arnaldo!