Bebê Plaza Hotel

    berco-intown-roma.jpg

Você conhece o Bebê Plaza Hotel?

Como não? Esta é uma das maiores e mais diversificadas redes de hotéis do mundo!

Presente em todos os destinos de interesse, o Bebê Plaza está de berços e cercadinhos abertos esperando você, bebê moderno e exigente que viaja com seus intrépidos papais e mamães ao redor do mundo!

Entre uma troca de fralda e uma mamadeira, nós descobrimos que nem só de resorts e hotéis-fazenda vive o mundo das viagens com bebês. A resposta é bem simples. Quase qualquer hotel pode se transformar num ambiente hospitaleiro para bebês.

Localização

Comece a escolher o hotel pela localização. Se a cidade for muito grande, pense nas atrações ou passeios que você quer fazer e resuma sua busca por um hotel da região.

Não há prazer maior numa viagem com bebês do que uma simples saidinha do hotel que se transforma no melhor programa do dia.

Invista na localização bem mais do que você investiria normalmente. Menos deslocamentos, menos problemas.

hotelroemer.jpg
Acampamento? Não, quarto compacto!

Escolha o SEU berço

Você escolhe o seu berço, porque o do bebê já está escolhido. Ao que me parece e pela experiência dos 4 hotéis onde nos hospedamos com a Clara nestes 6 meses, os berços oferecidos pelos hotéis são sempre iguais. Parecem cercadinhos, são sempre azuis e são mais confortáveis do que parecem. A Clara não estranhou nenhum deles.

A cama dos pais pode ser king ou queen, você define. A do bebê é só solicitar no momento da reserva e você já sabe como será.

Aproveite esse contato com o hotel para tentar sentir como o seu bebê será recebido. Escreva claramente a idade do bebê e pergunte se há algum problema.

Será na resposta do hotel que você perceberá se o seu hotel alvo é ou não um verdadeiro Bebê Plaza Hotel.

Em inglês, o aviso sobre berços costuma ser algo como “baby cot/crib available upon request”.

    jantar-arabe-sofitel-viena.jpg

Quem precisa de um “Club Sandwich” com um serviço de quarto destes?

Serviço de quarto

Não é essencial, mas se tiver, é bem cômodo. O nosso hotel em Viena tinha um restaurante árabe caprichadíssimo, um dos melhores da cidade. Os mesmos pratos do restaurante eram servidos também no quarto com a mesma qualidade e apresentação, um luxo que valeu a pena!

Quando o hotel não tem serviço de quarto, normalmente a recepção indica um serviço de entrega de restaurantes da região. É uma opção para noites em que não dá pra arriscar jantar fora com o bebê ou quando o jantar-supermercado fica muito recorrente. Ainda por cima, é uma forma surpreendentemente econômica de jantar.

servico-de-quarto-viena.jpg
Jantar a três, faltou fazer a mamadeira da Clara!

Fale com quem entende, os bebês

Ou com os pais deles. Os melhores Bebê Plaza hotéis costumam ser identificados por outros turistas-bebês que já usam fraldas de tamanhos maiores. Procure informações nos comentários de viajantes no Trip Advisor e no Venere.

Use a expressão em inglês “travelling with young children” ou “traveling with babies” acompanhado do nome da cidade pesquisada.

O comentário de uma hóspede americana que viajou com um bebê de 6 meses foi decisivo para escolhermos o Intown em Roma. Jamais pensaria que um hotel daqueles, perfeito para uma viagem a dois, seria tão receptivo com a Clara.

intown-roma-trocador-mesa-de-jantar.jpg
O sofá virou trocador. A mesinha de centro um tatame para o jantar.

Bebês são espaçosos

Bebê Plaza 5 estrelas que se preze oferece quartos espaçosos. Espaço para você transformar uma mesinha num trocador, para o papai não tropeçar no berço, para você deixar um lado do quarto apagado e outro aceso, para acomodar a banheira-pato Juca com conforto.

Faz uma diferença, foi no último hotel que nos hospedamos na Europa, o Hotel Roemer de Amsterdam, que sentimos falta de mais espaço no quarto. Sendo bem justo, talvez esse seja o único defeito desse hotel que é excepcional.

Baby Shuttle

Que delícia é chegar e ter alguém nos nos esperando com uma plaquinha com meu nome. Numa viagem com bebês, isso é mais um exemplo de algo caro que sai barato. Aliás, nem tão caro assim. Em Amsterdam e Viena, o preço foi bem próximo do táxi comum.

E o benefício não tem comparação. O motorista te dá uma força com as malas, você não precisa se preocupar com uma eventual reclamação de motorista de táxi com o tamanho da sua bagagem. Nada!

E o mais importante. Lembre-se de que além da bagagem extra, tem uma “malinha” que não dá pra apoiar no chão e ocupa um par de braços que seriam fundamentais para ajudar o papai a carregar as malas!!!

Acabou de ficar bem barato, não? Eu diria que ficou quase de graça🙂

41 Respostas para “Bebê Plaza Hotel

  1. Nossa, farei as palavras de outra solteira como minhas – fiquei maravilhada com seu post até não tendo previsão de qdo passarei por isso🙂 Nunca nem soube que havia berço para bebês upon request. Nunca reparei. Obrigada pelo serviço de utilidade pública!

  2. Pingback: Jorge Bernard Show « Viaje na Viagem

  3. 😆 Eu não tenho filhos, mas vc faz parecer tão tranquilo….

  4. Jorge, a cada capítulo eu me encanto mais…😉
    As dicas estão excelentes, práticas e fáceis de seguir!

  5. Realmente as dicas são excelentes. Mas, só para não ser só elogios: Jorge dá para um casal de classe média fazer este esquema, ainda mais na Europa?

    Sugestão : quando voce for publicar, coloque algumas alternativas mais economicas, nem que seja fazer um roteiro na Argentina, onde estes serviços são bem mais em conta….

  6. Lindo, Jorge! E essencial a participação da banheira-pato Juca!!! 😆

  7. Bacana você ter testado os serviços de quarto dos hotéis, Jorge. Normalmente só pensamos neles para aquele sanduichinho de emergência, bom saber que há vida por trás dos cardápios!

  8. Jorge, você fez todo mundo enxergar com óculos divertidos uma viagem com bebê. Os hotéis são ótimos !!!

  9. Jorge, você conseguiu comprovar que “viajar” e “bebês” não são conceitos antagônicos.

    Seus posts sobre viagens com bebês são encantadores!

  10. Jorge,

    Gostei dos pratos com a mamadeira no meio. Resumindo, todo mundo feliz!!

    É repetitivo mas tenho que comentar também. A série de post está ótima.

    Abs!

  11. Otimo post! Adorei as dicas, obrigada.

    Bjs, Flavia

  12. Fantástica matéria. MUITO informativa e esclarecedora. UTILIDADE PÚBLICA para VIAJANTES!

  13. Jorge, não tenho filhos, mas tenho amigos que têm e passam por experiências de viagens bem complicadas por conta disso. Já recomendei
    seu blog para vários deles.

  14. Desde este post viajar con bebés é uma ventaja.
    Convierte el espacio, a veces frío del hotel, en um espacio acogedor (te encuentras como en tu propia casa).
    Papas del mundo nâo más complejos por viajar con bebés. Viajar con niños é um plus añadido!!!.
    Beijos a la “family”.
    Clara está preciosa.

  15. Jorge

    Pena ainda não conhecer o seu blog quando o Francisco era pequenino…as suas dicas tinham-me dado um jeitão!!
    Tudo certo para o reveillon?A familia está animada?
    Bjs para os três

  16. Jorge, é impressionante como você escreve exatamente o que eu sempre pensei sobre viagem com bebê. Infelizmente quando passei por tudo isso não tive suas preciosas dicas! Beijos na Clarinha!

  17. Mara, passei lá no seu blog. Vejo que sua ferinha já está maiorzinha. Acho que vai ser você que vai me dar algumas dicas agora!!!

    Margarida, tá tudo pronto!!! Não é incrível. Deu certo!!! Hotéis, passagens, carro alugado. TUDO! Agora é só chegar o dia da viagem🙂

    Carmen, durante a viagem o quarto do hotel mais do que nunca se transformava na nossa casa de verdade. É muito diferente estar com um bebê numa viagem. Acaba com qualquer impessoalidade do quarto.

    Ernesto, viajar com bebês não necessariamente significa gastar mais não. Se um casal de classe média puder ir à Europa, então eles poderão levar um bebê se quiserem. Destinos caros serão caros com ou sem bebê, destinos baratos também. A Argentina está híper em conta, mas pra passar dicas específicas de lá, vou precisar levar a Clara até lá. Planos para o ano que vem…
    O objetivo destes posts é passar dicas genéricas que possam ser usadas em qualquer destino e em qualquer faixa de preços.
    As fotos ilustrativas são apenas sugestão de consumo.🙂

  18. Mô Gribel, cuidar de bebê não é fácil nem aqui, nem em nenhum lugar. Sendo assim, melhor cuidar de bebê num cenário bem bacana!!!
    Sem brincadeira, complicado não é, mas consome muita energia, isso consome!

  19. Marcio, as fotografias de viagem nunca mais foram as mesmas desde que montei o bloguinho!!! Agora tem produção pra tudo!!! E a gente se diverte fazendo isso. Essa foto foi minha mulher que planejou e bateu, é mole?

  20. Ricardo, obrigado pelas chamadas no VNV e honrado pela frequencia aqui no bloguinho.

    Carla, Emilia, Mari Campos, Flavia, Luísa, Majô, Cristina, André, Arnaldo, quanta gente hoje aqui!!! Quase perco a conta!

    Obrigado pelos comentários e pela visita.

  21. Jorge, tenho duas filhotas, uma vai fazer 5 e a outra tem 3. A da foto é a maior, quando tinha 2 anos. Adorei a visita!
    beijos!

  22. Olha o Pato Juca ali, rapáááá!!!!! Hehehehehehehe, demais esse meu afilhado😎

    Show JB, demais mesmo. Capítulos em constante superação!

  23. Jorge, te respondi lá no Idas e Vindas mas vim deixar a resposta aqui também… Vou ficar no Rio, sim! A semana passou voando, mal me dei conta de que já é a véspera do feriado! Gostaria muito de vê-los – me incluam nos planos gerais, Ok? Seja Jardim Botânico, seja um café, seja “corujar” a Clara um pouquinho…😉

  24. Mais um gol do Jorge Bernardes e família!
    Sabe aquelas coisas que nem passam pela cabeça da gente antes de viajar com nossos rebentos (ou só quando estamos quase embarcando)? Pois é, elas estão aqui!
    Ao fazer as últimas reconfirmações das reservas perguntamos se os hotéis ofereciam berço (de 5 hotéis, um só não foi Ibis) e estávamos esperando um não bem grande. Que nada! Todos responderam confirmando que sim e que iam anotar junto à reserva. Oba! Embarcamos felizes da vida pois a Isabella não ia dormir no chão.
    Resumo:
    Ibis Frankfurt Airport: no check in não sabiam se tinha berço disponível ou não, na reserva não falava nada, mas o berço já estava no quarto!
    Ibis Wien Mariahilf: tudo certinho. Berço no quarto (e que quarto – enorme, inclusive com cama extra).
    Ibis Budapest Centrum: não encontravam nossa reserva no sistema. Mostramos o email de confirmação e a reserva feita no site da Accor. Acharam logo. Subimos e o berço veio logo atrás. O quarto era minúsculo – não tinham maior. Não dava pra se mexer!
    Ibis Praga Mala Strana: o gerente não estava, então ninguém mais tinha a chave do depósito. Na primeira noite a Isabella dormiu no chão (tinha cama extra, mas por segurança preferimos colocar ela no chão). No outro dia, após reclamar bastante conseguimos um berço e junto com ele o valor da primeira diária com base na política de que se em quinze minutos o problema não é resolvido não cobram a hospedagem – apresentamos cópia do email com confirmação da disponibilidade de berço.
    Hotel Romance – Karlovy Vary: O bercinho já estava lá quando chegamos. E, como também merecemos conforto – que camas ótimas!
    Isabella também não estranhou nem um pouco. Realmente, são muito mais confortáveis do que parecem.
    Não usamos serviço de quarto, mas tomamos café da manhã todos os dias no hotel e em Praga jantamos todas as noites também.
    Jorge, desculpa por usar o teu espaço pra relatar as nossas experiências, mas tu estás proporcionando um espaço e tanto para isso. Obrigado!

  25. Jorge, esta série está realmente incrível. Já te falei que este livro ficará muito bom (quando for editado, é claro !).
    E ainda bem que você gostou do último jantar lá do post. Nós comemos bem sim, mas, daquele jeito, somente nas quartas feiras.

  26. Dani G,

    Eu descobri que no berçário da Clara, as berçaristas estão fazendo essa ginástica e massagem nela. Eita, mas que moda!

    Luciano,

    Fique mais do que à vontade. Pode usar o espaço todo aqui. Eu vou aprendendo um monte com a sua viagem também.

  27. Olá, papai da Clara! Tudo bem?!
    Vc já me ajudou muito com dicas pra Provence…agora estou programando pra ano que vem entre maio e julho um roteiro Roma (5dias), Florença (3) – com direito a rodar por Siena, Arezzo, Cortona – Veneza (1) pra depois partir pra França, ou Marselha ou Nice, alugar um carro e rodar pela Provence (5) e terminar em Paris (5). Qual seria o melhor modo de sair da Italia e ir pra França?
    Queria me hospedar no Intown em Roma…gostei muito e confio nas suas indicações plenamente!! Dó tô aguardando o site liberar o preço pra ano que vem…vc reservou daqui mesmo? Com qto tempo de antecedência?!
    Mais uma vez , muito obrigada Jorge! Beijos pra Clarinha!

  28. Olá Jorge,
    Amei o seu blog. Gostaria de saber em que hotel voce ficou em Viena. Estou querendo ir com os meus 2 pimpolhos em novembro, já que meu marido vai a trabalho. Beijo.

  29. Adri, fiquei este ano no Intown em Roma e continuando reiterando a recomendação. No seu caso, eu iria de Veneza à Nice com a Baboo Airlines, num vôo direto, mas tô achando que vc vai ficar muito pouco tempo em Veneza…. Não seria mais legal ficar um pouquinho mais?

  30. Oi, Jorge! Meu marido, eu e meu filhote de 10 meses estamos indo a Londres e, apesar de ter vivido lá por quase 5 anos, eu não tenho a menor idéia de como aquela cidade funciona com bebês (confesso que nem sabia que bebês existiam naquela época…)Vcs por acaso ja viajaram com o baby pra lá? Se sim, alguma sugestão de hotel? Obrigada e muitos parabéns pelo blog! Roberta, François e Noah

  31. Jorge, há 2 dias nao tiro o olho do seu blog e ainda nao li todas as dicas! Estamos planejando viagem para Roma, com nosso pequeno que estará com 9 meses. Vi a sua recomendação do hotel Intown e fui buscar mais informacoes no TripAdvisor. Lá, as criticas sao relacionadas a barulho ou tamanho do quarto. Voce poderia me indicar qual foi o quarto que voce escolheu e teve boa experiencia? Obrigada e PARABENS pelos textos!

  32. Queria saber se alguem foi pra Paris com bebe e que hotel ficou, pelo menos o bairro melhor pra ficar. Obrigada

  33. Não é necessário ir à europa. Pais, aqui no Brasil é possível viajar com seu beBê, acredite.
    É só planejar, pesquisar para saber se o hotel está acostumado a receber as pequenas pessoas e curta, apesar do trabalho, não pare de viver, viagens sempre valem a pena.

  34. Muito boa a série de posts… Estávamos pensando em postegar as férias para quando o Eduardo estivesse maiorzinho, mas acho que com esse teu incentivo vamos pôr o guri na estrada logo, logo, bem antes dos 6 meses. Grande abraço!

  35. laiza meri carneiro

    oi, vi seu log só informações incríveis, estou pensando buenos aires 24 de julho, lua de mel, mas acompanhada da minha isabella de7 meses, queria dicas se ela vai aguentar o frio. bj obrigada

  36. Olá gente!
    Muito legal esse post. Eu trabalho no Hotel Fazenda Galo Vermelho e estou pesquisando sobre os Hotéis Baby Friendly, pois queremos saber se ainda podemos dispor de algo para facilitar a viagem das mamães com bebês. No Hotel nós dispomos de Copa do Bebê 24h com alimentos e utensílios, Clubinho para os bem pequeninos com monitora e cardápios de papinhas e sucos, além de bercinho e banheira. Seria um prazer receber a visita de vocês, mesmo que virtualmente através do site.
    Não é a minha intenção fazer propaganda, mas sim pesquisar a demanda dos pais. Se tiverem alguma idéia, aguardo contato.
    Obrigada,
    Julia

  37. oi jorge,

    Adorei seu blog!
    Queria umas dicas pra uma viagem que farei agora em julho com minha bebe de quase 2 anos.
    Iremos á Praga, paris e Roma.
    Vc sugere bairros bem localizados para se hospedar, levando em consideração que iremos estar com ela em carrinho para cima e para baixo?. Gostaria de ficar numa área central. Algum hotel ja conhecido?.

    Abraços
    Dúcia

  38. Pingback: Dos tipos de viagem - Uma Malla Pelo Mundo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s